Dicas para Estratégia das Marcas

Inbound Marketing parte 2: como planejar os principais passos

O último texto abordou as etapas do funil de vendas e como a marca deve atuar em cada passo da jornada do consumidor. Mas o que é importante na hora de construir uma estratégia de Inbound Marketing? Esse modelo tem inúmeras vantagens e antes de implantá-lo é preciso planejar alguns passos.


1. Crie personas

Personas são representações de clientes ideais. Quem são os clientes da marca? Essa pergunta pode parecer óbvia, mas não são raros os casos em que as marcas não conhecem a fundo seus clientes.

O primeiro passo é identificar quais são as características em comum das pessoas que fazem negócios com a marca. Isso pode ser feito por meio de entrevistas com clientes, conversa com a equipe comercial, pesquisa em banco de dados, monitoramento nas redes sociais e observação do comportamento do público que se relaciona com a marca. Identificar o comportamento de prospects e ex-clientes também é fundamental para entender características em comum, identificar anseios e fatores de rejeição com a marca.

Essas personas serão as representações dos clientes, então é importante que tenham uma história e possam ser reconhecidas por todos os funcionários da organização. É para elas que a marca vai trabalhar. Entender seus problemas e necessidades pode ajudar toda a empresa na busca de soluções para elas.
Não existe um número ideal de personas a serem criadas. O importante é que a variedade de clientes que a empresa atende esteja representada na variedade de personas desenvolvidas.

2. Entenda a jornada do consumidor
Não tente criar uma estratégia de Inbound Marketing sem entender a jornada do consumidor. Quais fatores ele leva em consideração na hora de decidir pela compra? Quais são suas dúvidas? A quem recorre? Onde busca informações? Em que momento percebe que tem um problema e quando decide comprar?

Cada consumidor faz a sua própria jornada, mas todos passam pelo momento em que (1) descobrem que tem um problema, (2) fazem a busca pela solução e (3) tomam a decisão entre as marcas disponíveis. Para que a sua marca seja a escolhida é importante que ela esteja presente em toda a jornada de compra, fornecendo a informação certa na hora que o consumidor estiver buscando por ela. E, para fornecer a informação certa, é preciso entender o que o consumidor irá buscar. Por isso, entender a sua jornada é tão importante.

3. Conteúdo é o rei
O conteúdo é o centro da estratégia de Inbound Marketing. Tudo acontece por meio dele. É o conteúdo relevante que irá atrair a atenção do consumidor no momento em que ele estiver buscando por uma solução que envolve o seu produto. O conteúdo faz o consumidor se interessar, buscar mais informações, se envolver com a marca e avançar nas etapas do funil de vendas.

E, para o conteúdo ser interessante, é preciso focar em uma questão: ele deve ser educativo. O consumidor não quer que algo seja vendido para ele, mas quer ser educado, quer aprender mais sobre o assunto. O produto só deve aparecer em conteúdo focado no consumidor que está na fase de decisão de compra, pois ele está comparando as marcas para escolher a melhor proposta. Para as demais etapas, em que o consumidor está nos estágios iniciais da jornada o conteúdo deve ser educativo, ajudando-o a entender melhor seu problema e o que deve considerar para soluciona-lo.
Conteúdo educativo

4. Distribua
Tão importante quanto criar um bom conteúdo é torna-lo disponível para que ele seja encontrado pelo consumidor. O investimento em mídia é uma boa forma de fazer o conteúdo ser encontrado pelas pessoas certas. Mas, além dele, uma boa estratégia de SEO é fundamental principalmente para captar leads, já que torna o conteúdo mais fácil de ser encontrado pelas pessoas que estão buscado sobre ele.

Uma outra forma de distribuir o conteúdo é contar com o apoio das mídias sociais da marca. É claro que elas também demandam esforços de mídia, mas são um canal bastante relevante para impactar o consumidor que está em busca de informações.

A construção de um planejamento de Inbound pode parecer uma etapa desnecessária, que vai consumidor tempo até a implantação. Mas, não se engane, planejar com cuidado é o primeiro passo para alcançar o sucesso na ação. É nesse momento que vai ser possível entender melhor o comportamento do consumidor, os diferenciais da marca e até o budget necessário para a execução. Um planejamento bem construído não é garantia que as coisas saiam como o esperado, mas ajuda a tomar decisões mais rápidas e concertar a rota sempre que necessário. Por isso, não pule esse etapa se você está construindo ações de Inbound Marketing.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inbound Marketing Parte 1: As Etapas do Funil

Muito se tem falado sobre Inbound Marketing nos últimos tempos. A estratégia, que é a queridinha da vez, garante resultados por meio de esforços mais focados. Enquanto as ações tradicionais de marketing podem parecer intrusivas, o Inbound empodera o consumidor e torna a marca disponível para que ele feche negócio no momento em que estiver pronto.

Bate papo sobre estratégias digitais

Confira o bate papo sobre marketing digital e tecnologia no programa Instante Digital da Band.