Dicas para Estratégia das Marcas

Objetivo X Metas X Métricas X KPI´s

Com a evolução de meios do universo digital passou a ser comum discutirmos sobre os resultados das ações, já que esses meios nos permitem medir os resultados de forma precisa. Mas é comum confundirmos KPI´s, métricas e metas, tratando-os da mesma forma.

A verdade é que eles indicam dados bem diferentes.

Primeiramente, é importante lembrar que as ações sempre devem ser criadas para alcançar os objetivos estabelecidos pela marca. Isso parece óbvio, mas é muito comum pensarmos em ações para alcançar mais visitas ao site, mais compartilhamentos de posts ou curtidas na fan page. Isso tudo é importante, mas não necessariamente está relacionado ao objetivo da empresa.

Então, o que indica cada um desses termos?

Objetivo: é aonde a marca quer chegar. Ao se criar um plano de comunicação o objetivo é estabelecido para se corrigir rotas e alcançar resultados. Alguns exemplos são: aumentar a lembrança da marca, estreitar o relacionamento com o público-alvo, aumentar as vendas ou lançar um novo produto.

Meta: é o objetivo de forma quantitativa dentro de um espaço de tempo (quanto e quando). No caso de aumentar as vendas, por exemplo, podemos estabelecer que a meta seja de 5% ao ano.

Métrica: é um dado bruto que precisa ser interpretado e não está necessariamente atrelado ao negócio, mas sim a ação. É um raio X do comportamento do usuário, como o número de clientes que efetivaram uma compra no site da empresa.

KPI´s: são indicadores criados a partir da métrica que interpretam o sucesso da ação. Estão associados a meta e indicam se a empresa está alcançando o seu objetivo. No caso do aumento das vendas, o KPI poderia ser a taxa de conversão no site que indica a quantidade de clientes que efetivaram a compra.

Então, não se esqueça: o importante é sempre estabelecer metas, métricas e KPI´s a partir de objetivos. O que efetivamente queremos alcançar com essa ação? A partir de um objetivo claro estabeleça metas realistas dentro de um prazo, determine as métricas de acompanhamento e os KPI´s que indicarão se a meta está sendo alcançada. É importante acompanhar esses dados e fazer ajustes sempre que necessário. Esses dados não estão escritos na pedra e precisam ser ajustados sempre que for necessário.

 

Créditos da Imagem: https://goo.gl/r7AFfw

Designed by Freepik

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por que as comunidades são importantes para as marcas?

Em fevereiro de 2017, o Facebook lançou um manifesto expressando seu desejo de “fortalecer nosso tecido social e fazer o mundo ficar unido”. Desde então, a plataforma tem redobrado esforços para criar e cultivar comunidades, sugerindo que seus usuários participem de diversos grupos de acordo com seus interesses. A recomendação não se restringe apenas ao ambiente on, mas ganhou a TV aberta com comerciais que trazem exemplos de como as pessoas podem se conectar às outras, com interesses similares, por meio do canal social.

Como definir palavras-chave

Estar nos primeiros resultados do Google é o objetivo de toda marca. O buscador é um verdadeiro portal para o mundo web, onde acontecem, diariamente 3,5 bilhões de buscas. Mas estar nesse seleto grupo só é possível de duas formas: com anúncios pagos (Google Ads) ou com uma boa estratégia de SEO. As duas formas exigem um planejamento de palavras-chave. Também conhecidas como “keywords” elas são a forma como o usuário vai encontrar o site da marca.